Participe e apareça no Ecaderno enviando sua notícia!

Clique e envie »
Em 22 de novembro de 2010, às 12:48h

Eduardo Santos: um exemplo de empreendedor de sucesso!

O empresário abriu o seu próprio negócio quando ainda estava na faculdade e hoje é dono de uma empresa de sucesso da região

“Para ser um empreendedor, é preciso ter paixão pelo negócio, uma idéia inovadora e não ter medo de arriscar”. Esta é a dica de um empresário de sucesso da região! Eduardo Santos é diretor e fundador do Rodoviário Camilo dos Santos Filho Ltda, empresa criada com uma proposta de um modelo pioneiro e inovador em transporte de mercadorias. Atualmente, são mais de 170 caminhões na estrada, diversas unidades espalhadas pelo país e cerca de 650 funcionários trabalhando para a empresa. Este é um exemplo de sucesso que começou apenas com uma pessoa, uma idéia e uma paixão! Confira nesta entrevista o que é preciso para ser bem sucedido na carreira empreendedora e já comece a planejar sua empresa de sucesso.

Qual foi a motivação para montar um negócio próprio?

Eu sempre quis trabalhar com transportes. Meu pai era dono de uma transportadora chamada Camilo dos Santos, em Ubá, e desde pequeno trabalhei com ele na empresa. Mais tarde, me mudei para Juiz de Fora para estudar e comecei a cursar Administração e Economia. Quando eu tinha 22 anos, senti a necessidade de trabalhar e, sendo assim, decidi fazer entregas da Camilo dos Santos no meu fusca, por conta própria. Eu morava numa república junto com outros estudantes, e parávamos as festas para atender os telefonemas dos clientes.

Com o tempo, o negócio foi crescendo e passou a se chamar Rodoviário Camilo dos Santos Filho Ltda. A empresa nasceu com uma proposta inovadora de fazer entregas seguindo o eixo Juiz de Fora e São Paulo em apenas um dia, algo que ainda não era possível pelas transportadoras da região. Dessa forma, passei a viajar de madrugada durante três vezes por semana para conseguir fazer as entregas. O começo foi bastante difícil, mas com o tempo o negócio foi crescendo cada vez mais.

Por que você escolheu investir em um negócio em Juiz de Fora?

Eu mudei para a cidade em 1977, e abri a empresa em 1984. Eu gosto de Juiz e Fora e acredito que existe um potencial grande de desenvolvimento de empresas na região. Eu enxerguei uma oportunidade, algo inovador que eu poderia criar, e tive coragem para arriscar.

Quais foram e ainda são as maiores dificuldades enfrentadas?

O maior desafio é conseguir incentivo financeiro para abrir e manter o negócio na fase inicial. Conseguir crédito é uma tarefa difícil para quem está começando e não tem nenhuma garantia para oferecer. O começo é complicado, é preciso ser persistente e corajoso.

Atualmente, com o negócio estabelecido, a maior dificuldade é encontrar no mercado profissionais qualificados e comprometidos com o trabalho. Lidar com as pessoas é um desafio diário dentro de uma empresa. Nós valorizamos os profissionais e acreditamos que o corpo de colaboradores do Rodoviário Camilo dos Santos tem extrema importância no sucesso da organização.

Por que você acredita que o empreendedorismo é tão incentivado nos jovens atualmente?

Com a concorrência acirrada no mercado de trabalho e a falta de oportunidade para os jovens, a abertura de negócios vem como uma alternativa para eles. As pessoas devem estar atentas ao ambiente, porque é preciso ter uma idéia inovadora para se criar uma empresa. Hoje em dia, as organizações prezam pela inovação e pela qualidade. Sendo assim, o empreendedor de sucesso é aquele que tem uma boa idéia, geralmente é jovem, tem uma paixão e coragem suficiente para arriscar.

Fonte: Da redação

Veja também

Faça um comentário

Nome
Comentário
Verificação

Marcando esse campo seus dados como nome e foto não serão exibidos no comentário.

Todas as notícias RSS

Canal Multimídia

Outros Dicas de redação - Ep05 #DiaDiaEnem

Mande bem na redação do Enem com as dicas da Hild!

Veja mais »

Escolha sua profissão RSS

Ciências agrárias

É o profissional apto a lecionar no ensino técnico agrícola, no ensino médio e s [...]

O que você procura?
O que você quer vender?